Notícias da Cooperabaeté

Fique por dentro!

Você está aqui:

novembro19

Encontro Estadual de Jovens e Mulheres reúne 54 cooperativistas na Casa do Cooperativismo Mineiro

Para ajudar a consolidar as ideias desenvolvidas durante os Encontros Regionais de Jovens e Mulheres em um único plano de ação, o Sistema Ocemg realizou a edição estadual do Encontro entre os dias 12 e 14 de novembro, na Casa do Cooperativismo Mineiro, em Belo Horizonte. Ao todo, 54 cooperativistas, que haviam participado dos encontros anteriores, foram selecionados para ajudar na elaboração do documento.

No primeiro dia, os participantes assistiram à palestra sobre “A História de uma Cooperativa e uma Mulher de Fibra”, ministrado por Eliana Medeiro, presidente da Coomapem do Estado do Amazonas, que contou sua trajetória no cooperativismo e como chegou ao cargo da presidência. “Sou filha de cooperativistas e meu primeiro estágio foi na Coomapem. Desde então me interessei por esse universo”, relembrou.

O palestrante Benedito Nunes apresentou a compilação dos resultados obtidos nos Encontros Regionais, relembrou os métodos e embasamento teórico que seriam utilizados para o desenvolvimento do plano de ação e falou sobre as gratas surpresas que os eventos proporcionaram. “O que vimos nesses encontros são surpreendentes. Pessoas que, no início, diziam que não tinham nada a acrescentar e nem sabiam como contribuir nos encontros, mas no decorrer das atividades elas eram as que mais ajudavam”, revelou Nunes.

O professor José Horta revelou que os Encontros foram enriquecedores. “Trabalhar com jovens é sempre muito bom porque eles, com sua forma peculiar de ver o mundo, não perderam a vontade de fazer as coisas acontecerem e mudar o que precisa ser mudado”, refletiu. O operador de cadastro do SicoobCredicom, de Belo Horizonte, destacou a riqueza de experiências que o evento proporcionou. “Teve uma troca muito boa entre o pessoal dos níveis operacionais, táticos e estrategistas. E, querendo ou não, isso contribuiu muito para o desenvolvimento dos trabalhos”, afirmou.

Na quinta-feira, os cooperativistas foram divididos em grupos e cada um ficou responsável por desenvolver um plano de ação de acordo com os temas que foram designados. Na sexta, dia de encerramento do evento, cada grupo explicou sua proposta e justificou o porquê das escolhas. A auxiliar de secretaria da Cooeducar, Fernanda Oliveira Teixeira Couto, aproveitou bastante a oportunidade. “Aqui aprendemos bastante e desenvolvemos várias ideias que podem ser aplicadas na cooperativa, como o grupo de mulheres”, destacou. Para Letícia Barcelos, assistente administrativa do SicoobCosmipa, de Ipatinga, o encontro foi bem produtivo. “Pessoas que vieram de várias regiões do Estado e, com isso, podemos aprender um pouco da cultura de cada cidade. Foi muito gostoso esses três dias de Encontro”, revelou.

Desenvolvimento de atividades voltadas para responsabilidade socioambiental, a capacitação de jovens com foco na inovação e empreendedorismo, a priorização e dinamização das mulheres nas cooperativas e a implantação da educação cooperativistas nas escolas e cooperativas, estão entre as ações propostas apresentada pelos grupos. “Para se fidelizar, o associado precisa entender como funciona o cooperativismo”, afirma Fernanda Couto.

 

Fonte: Site Ocemg

  • Posted by Cooperabaeté
  • 1 Tags
  • 0 Comments
COMMENTS